“Eu amo. Eu amo sua boca. Eu amo seu nariz. Eu amo sua orelha. Eu amo suas sobrancelhas. Eu amo seu cabelo. Eu amo seus olhos. Eu amo suas pintas. Eu amo suas bochechas. Eu amo seu pescoço. Eu amo seu ombro. Eu amo seus braços. Eu amo sua mão. Eu amo seus dedos. Eu amo sua barriga. Eu amo seu quadril. Eu amo suas coxas. Eu amo suas pernas. Eu amo seu pé. Eu amo tudo, tudo o que tem em você.“
Só você.  (via dezdoseis)


“Então eu pensei em você. E quis me teletransportar pra perto. Pra fazer a cena que eu decorei: eu abraçada em você, passando a mão no seu rosto, te dando o meu sorriso-coração-tá-pulando e te beijando o nariz. Nariz? É, nariz. Beijo meigo. Aqueles de quem ama mesmo e quer cuidar e dar beijo carinhoso. E eu imaginei o seu sorriso bonito como retribuição, aquele seu olhar apertado e sincero e um te amo saindo por entre seus lábios. Foi a glória. Minha mão pela sua boca e um te amo também saindo pela minha boca. Beijo na boca. Glória de novo.“
Clarissa Corrêa.  (via congelitus)






@theme